“Só queria esclarecer que vibrador apenas vibra pessoal, ele não vai correr atrás de vocês para morder!!!” Sempre falo isso em minhas palestras e bate papos, porque ainda encontro muitas mulheres e casais com tabus para utilizarem um vibrador tanto no relacionamento como sozinhas!

Aí resolvi desmistificar o que é um vibrador para ver se os casais e as mulheres entendem que o vibrador só vem para agregar, ajudar e a somar em um relacionamento a dois e com vocês mesmas! Quando chegamos em uma idade madura, os relacionamentos tendem a serem longevos, e os vibradores podem trazer uma outra “vibração” para os encontros sexuais!

Tantos as mulheres como os homens precisam de mais estímulos, vamos dizer, de uma ajudinha a mais, e tudo bem, só não vamos esperar cair do céu todo o desejo e vontade que antes existia, faz parte da fase em que vivemos, então mãos à obra!

Vou dar algumas dicas para ele ser incluído no relacionamento a dois:
Primeiro: compre um menorzinho, para não “competir” com seu marido. Infelizmente os homens têm isso ainda como um problema, se a mulher chega com um vibrador é porque ele não está mais “dando conta”. Puro erro, como já falei lá em cima, o vibrador vem para somar e não para competir.

Segundo: no início, use o vibrador para realizar uma boa massagem e descobrir pontos erógenos nunca antes descobertos!!! Vamos com calma para que a parceria não se assuste e consiga ver no vibrador um aliado!

Terceiro: coloque uma venda no parceiro, para assim aguçar os outros sentidos. Sabemos que os homens são muito visuais, portanto, tirando o sentido da visão, eles terão os outros muito bem aguçados para sentir tudo que um vibrador pode oferecer de bom!

Fez tudo isso na sua parceria, agora chegou a sua vez! Eu tenho certeza de que vocês irão adorar e a brincadeira ficará muito mais gostosa, com muito mais intimidade, uma pimentinha a mais que, tenho que certeza, a rotina será quebrada e o relacionamento vai agradecer!

Agora para as mulheres o vibrador pode ajudar muito na lubrificação, principalmente no período do climatério e a chegada da Menopausa que ficamos ressecadas por conta da queda dos hormônios.

O vibrador pode trazer maior percepção da sua vagina e estimula as glândulas de Bartholin, que ficam localizadas logo na entrada da vagina, uma à direita e outra à esquerda, e que têm como função a produção de um líquido fluido que auxilia na lubrificação vaginal.

Eu super indico o uso de vibrador para um conhecimento maior de seu corpo e consequentemente do seu prazer. Ajuda muito no autoconhecimento, que em muitos casos, é nesta fase que nós mulheres quebramos todos os tabus e vamos atrás de nosso prazer, porque como sempre digo, não podemos deixar nas mãos de outra pessoa o prazer que é nosso!

Mesmo assim, muitas me perguntam como posso usar sozinha? E qual seria o modelo ideal? Então vamos lá!

Tome um banho bem gostoso, com uma luz fraquinha, coloque uma música: dica: que não seja brasileira para você não acompanhar a letra, você tem que sentir a música, porque o foco é você! Comece a se tocar com as mãos e depois com o vibrador, passe por todo o corpo, tenho certeza de que você irá descobrir pontos incríveis no seu corpo que nunca foi explorado!

Continue esta terapia na cama, pode usar um lubrificante do seu gosto para que esta massagem com o vibrador seja mais prazeirosa, continue com o clima da música e pouca luz! Este vibrador pode ser de várias formas, que darei as dicas abaixo. Pode ser um estimulador de clitóris, um que faça a penetração e até o que tenha a função de sucção, que atualmente é o queridinho da turma.

Tenho certeza de que esta experiência será única e sensacional, e a cada dia a cada banho que você fizer a “Terapia do Vibrador” será uma experiência única e diferente, com pontos de prazer novos!

Vamos tentar? Depois quero saber o que acharam e o que sentiram!

Dicas dos Vibradores:
Os bullets são os menorzinhos e que servem para uma estimulação clitoriana, este conseguimos também estimular o ponto G que fica na parte superior da Vagina, veja que ele tem uma pontinha tortinha exatamente para isso. Ele é a pilha. Recomendo para quem está começando com a Terapia do Vibrador tanto no relacionamento como sozinhas!

Bullets

Os de penetração são maiores que os bullets pois conseguimos fazer uma penetração, além também de estimular o clitóris. Este especificamente conseguimos estimular o ponto G por conta da pontinha ser tortinha. Ele é recarregável, multivelocidade e à prova d’água. Existem vários modelos de vibrador para penetração, a característica é que são os maiores. Recomendo para quem já passou do primeiro estágio!

Os de sucção são os queridinhos do momento! Eles possuem uma tecnologia que proporciona ondas de pressão que irá estimular muito seu clitóris. Proporciona muito prazer para as mulheres e no mercado existem vários modelos. Este especificamente tem 11 estágios de ondas de pressão, recarregável e resistente à água, a diferente entre à prova d’água e resistente à água é que o segundo tipo não podemos mergulhar em uma banheira, ok? Este eu recomendo para as mulheres que não tem medo de descobrir seu prazer sozinhas e está começando na Terapia do Vibrador!

Tem também os do tipo bullet, mas com controle remoto! São de estimulação clitoriana e conseguimos fazer uma brincadeira bacana por conta do controle remoto. Vocês podem ligar e colocar na calcinha e dar o controle remoto para seu parceiro e em um jantarzinho íntimo!

Já que eles adorammm um controle remoto, agora vocês também vão tirar vantagem do liga e desliga e mudança de “canal” kkkk Todos estes vibradores você pode encontrar na @santasensualidade.

1 Shares:
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar: