Olá, olá! Como estão?

Quando esse tema foi abordado no site do NoPausa, imaginamos os rostos da nossa comunidade quando leram o título.

Alguns provavelmente pensaram: Florais de … O quê? E outros aliviados: FINALMENTE TOQUEM NESSE TEMA!

É que as dúvidas quando o assunto é Menopausa vão do psicológico ao físico, e das terapias mais tradicionais às mais alternativas.

Nos perguntaram muito na comunidade No Pausa sobre a utilização dos Florais de Bach (quando falamos muito é muito!), e acreditamos ser fundamental usar toda e qualquer alternativa possível para aliviar os sintomas desta fase.

Bem, vamos ao importante? Muitas mulheres nos contam que esse tipo de terapia funciona, e muito, para reduzir os desconfortos do climatério e menopausa, e é por isso que o colocamos em discussão.

Primeiro, um breve resumo:

O Dr. Edward Bach foi um conhecido bacteriologista, médico, homeopata e patologista inglês. Ele concebeu a saúde como um sistema integral que parte da saúde emocional e espiritual ao invés de considerar apenas os sintomas físicos (um médico que não nos atende em pequenas partes).

Foi Bach quem desenhou o sistema Floral de Bach, que consiste em 38 flores medicinais, cada uma associada a um estado de espírito básico.

Segundo Bach, as pessoas têm 38 emoções básicas, e essas 38 essências florais ajudariam a tornar cada uma das emoções positiva. Fato: com essas 38 flores você pode preparar 293 milhões de combinações!!

Embora Bach tenha sido o pioneiro, seu legado e sua técnica foram aplicados a outros tipos de florais, dando origem a uma grande variedade do que se conhece como Terapias Florais.

Hoje existem diferentes tipos de terapias florais, entre as quais podemos encontrar, por exemplo, California Flowers e Saint Germain Flowers, entre outras.

Para que servem?

Segundo Florencia Fasanella, farmacêutica da Universidade de Buenos Aires (MN 17501) especialista em Fitomedicina, os Florais de Bach são utilizadas tanto para doenças psicossomáticas como para distúrbios psicológicos ou emocionais, e atuam impulsionando o corpo à autocura, estimulando suas próprias defesas.

A aplicação de essências florais, no tratamento de determinada doença, é baseada nas características de personalidade e estados emocionais negativos que a pessoa está sentindo, como medo, irritabilidade, depressão, ansiedade, apatia, agressividade, ódio, tristeza, exaustão, cansaço, desânimo, desmotivação, desorientação e mais (momentos que certamente todos já vivemos em maior ou menor intensidade).

Quando uma pessoa está novamente equilibrada emocionalmente, o corpo é capaz de enfrentar a doença por conta própria e curar-se. Ou seja, Bach parte do pressuposto de que as manifestações físicas são consequência do desequilíbrio das emoções (na medicina chinesa a emoção também é considerada a primeira causa de doenças).

Importante! Florencia Fasanella explica que os Florais de Bach podem ser utilizados simultaneamente com outros tratamentos médicos, desde que não apresentem efeitos colaterais ou toxicidade.

Por outro lado, também é necessário ter em mente que esse tipo de terapia pode ser autogerida.

E o que isso significa? Que após uma primeira consulta com um profissional especialista no assunto, possamos regular a administração dessas doses dependendo da forma como nosso organismo reage. Lembre-se: não é o mesmo que automedicar, pois as terapias florais não têm efeitos adversos.

A pergunta de um milhão de dólares: como eles são obtidos?

As flores silvestres são colhidas de manhã cedo, deixadas ao sol ou fervidas, por um tempo determinado, de modo que a vibração da flor permeie a água; em seguida, adiciona-se conhaque (sim, a bebida, que contém alcool), como conservante.

Qual das 38 flores poderia nos servir nesta fase?

Segundo Florencia Fasanella, as 6 flores abaixo são as mais conhecidas para os sintomas que apresentamos:

  • Scleranth (Scleranthus) – Instabilidade emocional, alterações de humor e irritabilidade.
  • Nogal (Walnut) – mudanças fisiológicas e aceitação da nova etapa.
  • Mostarda (mostarda) – tristeza e melancolia, até mesmo um possível estado depressivo. Essa essência funciona muito bem no desequilíbrio hormonal.
  • Maçã Silvestre (Maçã Silvestre) – sensação de impureza, sensação de desprazer com o próprio corpo, proporciona um maior bem estar.
  • Rosa Mosqueta (Wild Rose) – apatia e falta de interesse no presente, devolve alegria, útil na falta de desejo sexual.
  • Impaciência (Impatiens) – solidão de quem não pode ser acompanhado, porque tem pressa. Impaciência. Irritabilidade.

É importante lembrar que, para nos sentirmos melhor na fase do climatério e menopausa, podemos não só eliminar os sintomas físicos, mas também, e o que é mais importante, entender o significado de tudo o que estamos vivendo.

2 Shares:
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar: