Ao contrário do que pensam muitas pessoas o tomate é um fruto e é originário da América do Sul. O fato é que ele é uma festa! E normalmente sempre está nas festas! Consumido sob a forma de suco, molhos, saladas, pastas, enfim… Em uma infinidade de receitas.

Apesar de ser originário da América Latina, o tomate se popularizou na culinária italiana e ficou ainda mais famoso por fazer parte da preciosa dieta mediterrânea.

A dieta mediterrânea é considerada cardioprotetora e rica em antioxidantes, tão importantes para a nossa saúde. Além de ser fonte de vitamina C e outras vitaminas e minerais, o tomate é rico em licopeno, um carotenoide que apesar de não possuir a função de vitamina A tem uma expressiva capacidade antioxidante.

Dietas com alto consumo de tomate tem sido associadas com risco diminuído de processos inflamatórios, doenças cardiovasculares, hipertensão, diabetes e obesidade.

Quem também se beneficia com esse consumo é o nosso sistema imune. Metabolitos bioativos como o licopeno, luteína e também os compostos fenólicos são altamente antioxidantes e protegem o nosso organismo dos processos inflamatórios.

Então em época de pandemia a minha sugestão é usar e abusar de receitas com tomate. O ideal é associarmos o seu consumo ao azeite, um excelente cardioprotetor, e adicione ervas como manjericão e alecrim que também possuem efeito anti-inflamatório. Que tal um molho tomate caseiro? Deu fome?

Um grande beijo a todos e se cuidem!!
Simone

172 Shares:
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar: