Homem não chora, não tem medo ou fraquezas, não manifesta sentimentos, nem tem comportamento considerados “femininos”. Eis uma visão culturalmente difundida, um ideal de masculinidade que pode desembocar em machismo, homofobia e senso de superioridade em relação às mulheres e minorias. Ou seja, quando o homem se torna tóxico e pratica uma “masculinidade tóxica”. Não confundir com as discussões em curso, que estão incentivando uma nova postura entre os homens e a sociedade, chamada de “nova masculinidade”.

103 Shares:
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar: