Mude seu foco. Nosso corpo mudou e nossa pele ficou mais flácida, mas nossa mente muito mais aberta. Aproveite isso para entrar em novos lugares e transitar em outras comunidades.

Se abra para novas experiências. O que realmente envelhece é ter um repertório engessado.

Drible o algoritmo da Netflix. Veja aquele documentário que parece ser chato. Amplie suas preferências e seja interessante e interessada. 

Dê limites onde antes era trânsito livre. Somos uma geração de “boazinhas”, e isso cobra um preço. Saia desse papel. 

Alugue um carro e viaje sozinha. Pode ser um dia ou uma semana. Por que alugar? Dá uma sensação enorme de liberdade e de novidade. E aprender onde estão todos os botões do carro novo é um desafio bom pra mente.

0 Shares:
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar:
Mercúrio retrógrado
Saiba Mais

Mercúrio retrógrado

Mas o que é este tal de Mercúrio retrógrado? Ele afeta mesmo as nossas vidas? Silvia Duarte explica o fenômeno pra gente.