Se podemos concordar em algo, 2021 foi um ano, no mínimo “desconfortável”: restrições, doença, perdas… Em meio a tudo a gente experimenta o conforto da família, dos amigos, companheiros e, por sorte, temos bons livros, músicas e filmes para nos distrair.

Nos filmes eu revisitei muita coisa, mas das novidades os que mais me marcaram foram “Casa Gucci” pelo figurino e trilha sonora, e o derradeiro “007 Sem Tempo para Morrer”.

Li pouco esse ano, infelizmente, mas indico dois livros bem interessantes; “A Imperatriz de Ferro” de Jung Chang, sobre a mulher que influenciou a história da China, e mais recentemente fui presenteado com “Cork Dork – Loucos por Vinho”, de Bianca Bosker. Interessante para quem é entusiasta de vinho e quer saber mais sobre o mundo louco dos sommeliers.

Quem me conhece sabe que eu sou “de letra e música” então minha lista das musicas é sempre ativa. Algumas novidades do ano.

No Youtube, os “npr Tint desk Concerts”. O canal NPR é bem ativo nos EUA e convida artistas para cantar acústico no estúdio. Tem muita coisa boa como Coldplay, Sting, Seu Jorge, Cranberries entre outros.

No Spotify, o ritmo foi mais leve com Jason Isbell, George Ogilvie e The Teskey Brothers.

Para experimentar:
“Paint My Heart – Live At Hamer Hall” – Teskey Brothers
“ Live Oak” – Jason Isbell
“October” – George Ogilvie

Mark Knopfler (ex-Dire Straits) tem feito boas músicas e parcerias como “Wherever I Go” junto com Ruth Moody.

Tudo música boa para tomar uns drinks, dançar juntinho ou só sentar e pensar na vida. E que venha um 2022 maravilhoso, com muitas bençãos, alegrias, brindes e celebrações á vida!

Cheers!

0 Shares:
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar:
Amor
Saiba Mais

Carta para o meu amor

Com a pandemia, não desgrudamos mais dos pets: no trabalho, em compromissos remotos, nas séries e até no café juntos. É só amor!
Mesa para três
Saiba Mais

Uma mesa para três

Já reparou como as amigas solteiras são excluídas dos rolês de casados? Será que rola uma mesa para três ou somos obrigados a andar em pares?