Muito se fala em criar ambientes, usar géis, velas, toys etc… Mas quando se trata de gerar novas possibilidades para um casal, a responsabilidade é duplamente maior. Amo receber casais na MaisPrazer e o que não faltam são opções para agregar e muito a relação! Mas antes de apresentar as “possibilidades”, peço que abram a sua mente.

Parece clichê né, mas não é. Afinal os toys (como gosto de chamar os vibradores), nada mais são do que massageadores corporais, sempre falo isso! Saber explorar toda potência destes acessórios é fundamental para gerar novas possibilidades, e não só a dois, já que cada corpo tem um mapa erógeno. Então, que tal mapear o seu e de quem mais você desejar? Acessórios que agregam a relação a dois, são sempre bem-vindos. Seguem algumas sugestões.

Velas para massagem – são excelentes para dar o “start” e inova a massagem corporal tradicional que normalmente é feita com algum óleo (temos também), mas com uma pegada BDSM (bem leve), já que você pode usar diretamente na pele com a chama acesa, mas atenção, não é qualquer vela. Essa vela é especial para isso, pois o calor derrete o óleo de massagem que fica armazenado na embalagem. Como não contém parafina, não queima – é uma delícia! Ah e o melhor, já serve de acessório decorativo antes do uso, pois quando acesa deixa o ambiente mais aconchegante, envolvente, com uma deliciosa iluminação e fragrância, que aguçam os sentidos. Pode ser usada na massagem, lubrificação, penetração e algumas opções são também beijáveis – caipirinha, chocolate, menta, morango.

Óleos para massagem – como citei acima, são os chamados “tradicionais”, mas eu já te digo que nem tanto, já que existem no mercado sensual, opções com efeitos térmicos, estimulantes naturais e beijáveis, ou seja, além da massagem, do toque, você pode ter uma experiência sensorial fora do padrão.

Venda – outro acessório que uso e indico muito é a venda de pelúcia. Ah, vocês não imaginam o efeito que este acessório dá na hora H. Para os mais ousados, um chicote ou uma chibata, que não necessariamente precisam ser usados para causar dor (há quem goste), mas para estimular o mapa erógeno na sequência da massagem.

Um exemplo de como você pode aproveitar tudo isso:
Oriente sua parceria em deitar de bruços (nua óbvio). Inicie a massagem pelos pés e vá subindo explorando cada centímetro. Pule a parte íntima e siga até a cabeça, não deixe escapar nem as orelhas. Depois peça para virar e então use a venda de pelúcia nos olhos de sua parceria para que possa relaxar e se entregar ao momento, vá conduzindo a massagem sem pressa. Use as pontas dos dedos (unhas compridas neste momento não), com toques sutis. Após, passe as cerdas do chicote de forma leve em algumas partes do corpo e observe os sinais.

A comunicação é fundamental, tanto para quem faz, como para quem recebe. Depois de massagear frente e verso, você pode finalmente chegar perto da região intima, iniciando pela virilha e daí em diante, observando as expressões corporais de quem recebe – importantíssimo! Nem tudo que a gente faz agrada, então, atenção aos sinais.

Toys (=vibradores) – Abra sua mente! NÃO HÁ CONCORRÊNCIA, desde que o casal saiba usar. Para quem não está no modo “casal”, aproveite para explorar seu próprio mapa corporal.

Sugadores e estimuladores clitorianos – atualmente são os “famosos” do mercado erótico. Projetados para quem tem vulva, afinal sua principal função é a estimulação clitoriana, mas são excelentes para várias partes do corpo. Experimente usar nos mamilos, orelhas (sim a orelha é uma zona mega erógena), planta do pé, lábios externos e internos da vulva, corpo do pênis, glande, testículos (com cautela), períneo (famoso campinho), enfim, qualquer lugar que tenha uma pele mais maleável. Usem sempre lubrificantes, a sucção fica melhor e mais eficaz.

Já ficam aqui mais algumas sugestões:
Toys – use primeiro em você para entender a dinâmica do seu corpo, já que existem modelos com diversas potências e modos de vibrações.
Mapear o próprio corpo auxilia na descoberta do que você mais gosta, menos gosta e o que definitivamente não gosta, fundamental para seu prazer.
Usem sempre com lubrificantes, lembrando que “cuspe” não é lubrificante.
Quando for usar com sua parceria, apresente como massageador corporal (na realidade é) e se puder demonstre como usa, é extremamente excitante.

Antes e pós o uso dos toys a higiene é sempre necessária, basta usar detergente neutro ou sabão líquido neutro, retirar bem o sabão, evitar molhar o compartimento de pilhas e/ou baterias, bem como o encaixe do carregamento USB. Sequem com pano que não solte pelos e procurem armazenar na própria embalagem sem contato com outros acessórios, isso prolonga sua durabilidade. Os que usam pilhas e/ou baterias, evitem guardar com elas, já que a oxidação pode estragar seu brinquedo.

Já aproveita e acesse a playlist do Inconformidades no Spotify, música também é um estímulo e tanto. Espero que gostem das sugestões e divirtam-se com MAISPRAZER NA VIDA!

Beijo
Adriana Almeida

0 Shares:
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar:
Conto
Saiba Mais

Um conto, já te conto…

Brocheiiii. Como?? Para, presta atenção… Aí fudeu literalmente 😶 Não está entendendo nada, né? Já te conto, pois é rapidinho, literalmente!
Saiba Mais

Encontro n˚ 2

Eu sabia que gostaria de experimentar um novo amor, adoçar minhas noites frias com carinho, oferecer ao meu corpo prazeres compartilhados.
Molhada
Saiba Mais

Acordei molhada!

Ainda não tinha lembrado com o que sonhei, ou com quem, mas estava sentindo uma deliciosa sensação de plenitude. E toda molhada...