Ainda dá tempo de contar para vocês como a alimentação pode ajudar a prevenção do câncer de mama. De acordo com o INCA (Instituto Nacional do Câncer), em torno de 80% a 90% dos casos de câncer estão associados a causas externas.

Este número nos choca, pois sempre estamos buscando causas genéticas para todas as doenças – uma forma de tirarmos o peso das escolhas que fazemos, do ambiente em que estamos inseridos e da forma que lidamos com nosso stress – será que nossa saúde já está com seu destino desenhado ao nascermos?

Meditação e manejo de stress devem fazer parte de nossa rotina diária, assim como sono de qualidade, atividade física, ter momentos de prazer com hobbies saudáveis e que nutram corpo, mente e alma.

Nos alimentamos de água, comida, pensamentos e sentimentos. Como dar mais cor a nossa vida? Nós nutricionistas falamos muito do prato colorido, de como os pigmentos dos alimentos podem ajudar na manutenção da saúde e prevenção das doenças. Cada uma daquelas cores lindas de cereais, leguminosas, frutas, legumes e verduras tem um porque de existir, seja a maneira do alimento ter energia, seja como proteção a agressores externos.

No nosso corpo as cores, fibras dos vegetais tem poder de nutrir, destoxificar, agem como anti inflamatórios, anti oxidantes. Ao diminuir a inflamação e o stress oxidativo (produção de radicais livres em níveis maiores que o natural do nosso corpo), estes alimentos são um arsenal de aliados para nossa saúde.

Algumas dicas ao escolher e preparar seus alimentos:

  • Procure consumir vegetais orgânicos sempre que possível, o teor de nutrientes deles é superior ao dos convencionais.
  • Prefira carnes magras e evite comer sempre o mesmo tipo de proteína – rotacione entre peixe, frango, carne, ovos, leguminosas (feijões e afins)
  • Não queime sua comida – evite comer tudo preparado no forno – o torradinho dos alimentos aumenta o risco de câncer. Para evitar excessos varie o preparo dos alimentos entre crus, no vapor, cozidos, assados e grelhados. Marine suas carnes em ácidos – limão, laranja, vinagre, vinho (o álcool vai evaporar) para diminuir estes compostos indesejados.

Lembre-se, ao sentar-se para comer, respire, não coma em momentos de tensão e evite celular, tv, na hora de se alimentar.

Estou sempre aqui para compartilhar dicas de saúde com vocês.

Um beijo da nutrichef!

0 Shares:
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar:
Saiba Mais

Ganho de peso e a menopausa

Nada como uma experiência pessoal para contextualizar esse tema médico que é o ganho de peso e o acúmulo de gordura abdominal na menopausa.
Saiba Mais

Acooooooordaaaaa menina!

O corpo ideal não existe, mas existe um corpo ideal pra cada indivíduo em cada fase da vida. Questão de saúde pública (estética é um bônus...)