Os próximos dias são uma boa oportunidade para início da prática de saber parar. Tenho algumas dicas para preencher seu tempo com qualidade. Comemorando os 60 anos de uma das franquias mais bem sucedidas da história, chegam na Amazon Prime Video todos os 24 filmes do crush dos crushs (impossível algum dos Bonds não agradar, tem para todos os gostos).

Saber parar
Pierce Brosnan

Afinal Moore, Dalton, Connery, o pouco lembrado Lazenby, Brosnan e finalmente, meu favorito, Daniel Craig, são diferentes em suas características. Mas todos homens bonitos, elegantes, que demonstram força e requinte, sensibilidade e firmeza, tornando irresistível a missão de não ter um para chamar de seu favorito.

Mesmo sendo da era Brosnan e tendo torcido o nariz quando o Bond que conhecia foi substituído pelo loiro e não tão alto Daniel Craig, no masterpiece “Casino Royale” (que na minha opinião compete na primeira colocação só com o impecável “A Serviço Secreto de sua Majestade”). Meus preferidos.

Mas não para aí! Os documentários que foram lançados em comemoração aos 60 anos da franquia do mais famoso agente secreto britânico são indispensáveis e enchem olhos e alma.

Saber parar
Timothy Dalton

Começaria pelo documentário que conta uma a uma, a história da composição de cada música da franquia (uma ode ao bom gosto), passagens sensacionais como a do Michael Caine (e sem spoilers) chamado “The Sound of 007 Documentary”.

Depois de assistir esse incrível documentário prepare seu drink, coloque aperitivo ao alcance das mãos rs e aumenta o som. Pode começar a assistir o segundo documentário: “The Sound of 007 Live from the Royal Albert Hall” (ambos disponíveis na Amazon Prime).

Só o lendário Royal Albert Hall já seria uma atração à parte, não fosse a sensacional Royal Philharmonic Orchestra trazendo toda a atmosfera das mais icônicas trilhas sonoras dos 60 anos de Bond, mencionando aqui e me curvando a majestosa interpretação de “Goldfinger” pela eterna diva Shirley Bassey. Isso sem falar nos outros inesquecíveis clássicos mais famosos da história do cinema, interpretados pelas melhores vozes britânicas. De arrepiar.

Saber parar
Daniel Craig

Difícil resistir.
Boa imersão!

Ah depois dos documentários, mesmo não seguindo ordem cronológica, sugiro sem sombra de dúvidas, “Casino Royale”, na minha opinião, o mais lindo de todos.

Welcome to the James Bond Day! Se não for fã, também vai amar.
Bom descanso.

9 Shares:
15 comentários
  1. Dica deliciosa, sempre. Sou fã de Bond desde o primeiro filme com meu pai, “Goldfinger”. De la pra ca não perco um, nem a chance de tomar um bom Martini…chacoalhado, não misturado! ??

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar:
Desfoda-se
Saiba Mais

Desfoda-se

Nesse 23 a ordem é descomplicar. Tirar-se da zona de desconforto (sorry Brené Brown) e procurar menos. Menos. Pausa.
Liberdade
Saiba Mais

Sobre a liberdade

Quanto mais “eu” puder ser na caminhada pré-50, maior será o mundo. Merecemos liberdade, por vivermos uma existência intensa e complicada.
Vai passar
Saiba Mais

Vai passar

Uma frase que me acompanhou no tratamento de câncer de mama e até hoje, mesmo nas pequenas dificuldades é: isso também vai passar!