No radar do meu repouso. I want you back…

Quando você percebe que a vida é uma doce surpresa. Foi durante meu descanso forçado que me atentei para alguns detalhes sobre isso.

Repouso
O que você quer de volta?

Muito embora o título “O que você quer de volta?” seja tema de um filme recente da Prime, se encaixa em vários pontos da vida.

Afinal quem nunca quis algo de volta? Seja um cheiro, um sabor, uma paisagem, um amor, um corpo, ainda mais na maturidade, quando percebemos detalhes sutis, que a geração mais jovem com sua pressa não percebe.

Sim, percebo mais vontade de entendimento para tudo, até uma simples comédia romântica como este filme que me encantei pela sutileza em mostrar que amar vai muito além de uma idealização de vida.

Às vezes ficamos anos do lado de pessoas que hoje nos parecem estranhas e questionamos o por que? Não tem porque, simplesmente é.
E o que é hoje pode não ser amanhã, e tudo bem.

Repouso
Gloria Bell

“Gloria Bell”, também na Prime. Que história! Julianne More interpreta uma mulher divorciada que extrai o máximo de sua liberdade. Mostra também que não temos controle sobre nada em nossas vidas. Até tentamos, mas a universo tem suas surpresas.

“Quando você tem filhos, você tem outra chance de crescer…” – disse o personagem principal do filme “Um lindo dia na vizinhança” estrelado por Tom Hanks, também na Prime.

Repouso
Um lindo dia na vizinhança

O filme gera diversos gatilhos sobre educação e responsabilidade emocional. Vale muito assistir e tirar suas próprias conclusões.

Inclusive vou dar um pequeno spoiler aqui, caso ainda não tenha assistido. Faça um breve exercício, de um minuto: “…pense nas pessoas que nos moldaram com seu amor…” Sugestão de Sr. Rogers.

Pense você que está lendo aqui também, só por um minuto, em silêncio. Não importa sua idade, faça esse breve e singelo exercício. O silêncio também é resposta.

Por que teimamos em nos recordar apenas de experiências ruins? Por que damos tanta atenção à elas? Virar a chave, faz sentido para você? No meu caso fez todo sentido e como no filme tive vontade de fazer o exercício e realmente me senti melhor. Encantador!

Repouso
Modern Love

Fechando com chave de ouro estes dias de repouso “forçado “ (uma longa história pessoal, talvez outro tema de inconformidades) a série “Modern Love” (amor moderno) retratando várias formas de amar. Apaixonante ! Também na Prime.

Aproveito para indicar um livro que inspira atualmente – “Você pode curar sua vida “ , Louise L . Hay.

Estou passando por uma fase profunda de autocuidado e autoconhecimento, então meu radar atual é esse. E o seu?

Beijo
Adriana Almeida

0 Shares:
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar:
Respiros
Saiba Mais

Respiros

Sou do tempo em que a solidão era preenchida por respiros iguais a este que tive nessa feliz e ensolarada tarde do meio da semana.