Cringe… Segundo a geração Z, essa gíria nos define. SIM os Millennials. A princípio Cringe é uma comédia disfarçada de documentário, eu particularmente não curti esta definição, que achei no Google.

Agora a outra definição é fazendo uma comparação aos Millennials. Já é outra história, e minha acreditem! Sim, eu faço parte desta tribo, afinal temos história e já passamos por várias tribos…

Eu passei por uma que poucos desta geração Z nem sonham, os DARKs, tipo uma gangue inglesa onde a cor da tribo era o preto, tipo moda gótica, aliás adoro e uso muito esta cor até hoje, me sinto bem como ela e há quem diga que fico bem nela, hahahah, acho que sou uma DARK RAIZ.

Mas o fato é que, participando de um grupo de colunistas, dos quais sou fã, surgiu esta palavra: Cringe. Meu filho estava ao meu lado quando surgiu esta pergunta no grupo, e, eu de pronto perguntei e ele na hora respondeu: vergonhoso.

Aí, me pergunto, o que é vergonhoso? Nascer antes da virada do milênio? Antes do ano de 1994 somos todos Millennials, ok, mas o que há de vergonhoso nisso genteeeee??? Alguém me explica pelo amor da minha santa piriquitaaaa???

Outra definição é de que os Millennials são considerados ultrapassados e de hábitos antigos. Será mesmo??? Cara, me sinto muito mais feliz hoje do que há 20 anos atrás. Tenho minha carga, minha história, mas nada se compara à Adriana de hoje, nem pensar!!!

Passei um fim de semana maravilhoso, em uma pousada top das tops no litoral norte de SP, onde comemorei pela primeira vez na minha vida meu aniversário sem um grande evento, sim porque eu sempre fiz eventos, mas este ano inovei, fugi literalmente na companhia do meu filho e isso me bastou.

Outro detalhe, a sensação de fazer tudo, literalmente tudo, sozinha, tipo escolher o lugar, a hospedagem, a alimentação, o que fazer sem precisar perguntar pra ninguém, simplesmente fazer, aiiiii que deliciaaaa!!! IMPAGÁVEL.

Aliás poder pagar todas estas regalias com meu próprio dinheiro, sem patrocínio algum, também é uma sensação surreal! A geração Z que me perdoe, mas não vejo nada de vergonhoso em ser Millennial, que dirá ultrapassada ou de hábitos antigos, muito pelo contrário!

Agora a pergunta que não quer calar: você que nasceu antes do ano 2000, se considera um Cringe? Se não quiser comentar sua resposta, tudo certo, mas fica para reflexão.

1 Shares:
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar:
Continue-se
Saiba Mais

Continue-se!

Hoje estou aqui para te lembrar disso: continue-se. É muito fácil, até intuitivo, nos apegarmos às tensões por que passamos nesse período.