No meu trabalho como nutricionista, procuro sempre ouvir diversas opiniões de outros colegas, ter embasamento científico para prescrever o que acredito e, claro, usar minha experiência de vida e de consultório para ajustar minha conduta e minha linha de trabalho. Mas vou abrir o coração aqui. Uma das coisas que mais me irrita é a ceia de Natal fit. Natal é tradição, uma vez por ano.

Lá vem aquelas nutricionistas ortoréxicas do instagram (ortorexia é obsessão pela alimentação saudável), dizendo para você não comer farofa e rabanada no dia do Natal. Não porque você, como eu, pode preferir cerejas gordas e suculentas à rabanada, mas porque você tem que fazer “dieta” nestas duas refeições que acontecem uma vez por ano.

Dietas restritivas têm tudo para dar errado. Você precisa aprender a comer direito para sempre, e não se restringir por um tempo, emagrecer e depois engordar tudo de novo.

Vou te contar mais um segredo, não adianta usar medicamentos e ficar sem comer para emagrecer. O emagrecimento deve ser com comida de qualidade na quantidade certa. Perdeu gordura corporal ou se enganou perdendo água e músculos? Sem ajuste nutricional e atividade física, seu corpo vai ficar flácido e você provavelmente vai continuar com a saúde bem mais ou menos, além de correr o risco de engordar de novo.

Outro segredo (estou inspirada), nem toda mulher magra que você conhece é saudável. Sim, este padrão estético absurdo de magreza nem sempre vem acompanhado de uma composição corporal bacana. Pois é minhas queridas, se fosse tudo tão simples, não existiria mais obesidade, não existiriam doenças derivadas de maus hábitos, seríamos todos lindos e azuis como no filme “Avatar”.

Mas aqui é planeta Terra, somos eternos aprendizes, então ouçam a nutricionista estudiosa que vos fala, é uma mistura de alimentação mais simples, com suplementos para sua idade, sono bom e atividade física que vão fazer você melhorar. Esqueça as 300 barrinhas diferentes, os produtos fit, o jejum maluco quebrado com potes de sorvete, coma comida de verdade e procure se cuidar com profissionais que entendam de verdade o que estão fazendo!

Feliz Natal, coma seu pernil, tender, cuscuz, farofa, doces… Mas com moderação. Deguste, não passe mal, ano que vem tem mais!!!

Beijos da Rê

0 Shares:
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar:
Estresse
Saiba Mais

Estresse engorda?

Estresse não é uma doença, e sim uma reação do organismo que ocorre quando uma pessoa se depara com uma situação que lhe tira o equilíbrio.