Os Pururucats!!! É assim que chamo meus felinos. Tenho 4, todos adotados. São eles Carlota (9 anos), Abigail (6 anos) e Dora e João (5 anos). Dora e João são irmãos, adotei juntos porque não quis separá-los e que decisão correta, eles continuam bem unidos até hoje. 

Meus 4 gatos têm temperamentos completamente diferentes, a única coisa que eles têm em comum é que são super apegados comigo. Carlota, é geniosa, ciumenta, é a que manda em todos. Não dá muita trela para humanos além de mim. Abigail é uma adolescente rebelde, adora uma bolinha e carrega a dela na boca pela casa. João é extremamente carinhoso e bonzinho, porém o mais medroso de todos. Dora é a gatinha mais gente boa e relaxada do mundo, pra ela tudo sempre está bem, gulosa, independente e curiosa, é a queridinha de todos os irmãos e de todo mundo que a conhece. Morar com eles é tudo de bom, adoro brincar, conversar, e cafungar seus pescocinhos. 

Quem me conhece sabe que recomendo fortemente que se adote e não se compre. Agora vem a parte séria: ter um animal de estimação é uma responsabilidade, e tem custos. Recomendo antes de decidir levar um pra casa sentar e fazer uma análise da sua vida, se comporta esse comprometimento afetivo e financeiro. Gatos não precisam passear diariamente, mas também não se adaptam fácil a mudanças e viagens. Eles geram custos também, analise isso cuidadosamente, além dos custos rotineiros eles podem ficar doentes. Não é bacana adotar e depois devolver ou passar adiante. Animais não são objetos e tem sentimentos. 

Sou muito apegada aos meus, só viajo tranquila porque minha mãe fica com eles. Amo cada um dos meus Pururucats do jeitinho que eles são, não tenho nenhum favorito. Reconheço o miado de cada um deles.

0 Shares:
2 comentários
  1. NÃO CONSIGO IMAGINAR A ANA SEM OS PURURUCATS, COMO SOU MÃE DE PELUDOS, SEI BEM O QUE ELA QUER DIZER, ALIÁS, ELA CONHECE AS MINHAS PEÇAS RARAS E EU TIVE O PRAZER DE CONHECER OS FILHOTES DELA. GATO É TUDO DE BOM, MAS COMO ELA MESMA DISSE, NÃO É FÁCIL TER UM PET, É CARO E DEMANDA ATENÇÃO E CUIDADO. tAMBÉM NÃO CONSIGO VIVER SEM OS MEUS. 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar:
Saiba Mais

Quero mimos!

Oi gente!  Já há uns dias venho pensando como começar as dicas de hoje, e apenas uma idéia…