É SEO pra lá, SEO pra cá. Afinal, o que é SEO? Outro dia uma amiga ia participar de uma reunião, e um dos temas era SEO, mas ela desconhecia o termo e precisava entender rapidamente o que era. Se você está na mesma situação, segura na minha mão e vamos juntos.

O que é?
Éssiou não é ci-i-ou. Da primeira vez que ouvi achei que era. Traduzindo ao pé da letra, SEO (Search Engine Optimization) é a otimização de mecanismos de busca. Ou seja, é entender como o Google funciona quando alguém pergunta alguma coisa para ele, como ele lê os conteúdos e como decide quem merece estar na frente. E se você está querendo que o seu negócio se destaque, precisa saber sobre isso. Afinal, estar na primeira página do Google, a maior plataforma de buscas do planeta, sem gastar 1 tostão, é o sonho de todos os negócios, pois significa aumentar o engajamento e os números de visita ao seu site ou blog, e com isso aumentar a sua chance de vender seja lá o que você quiser.

Como o Google avalia os conteúdos de sites ou blogs?
Coisas que o Google avalia logo de cara: coerência e relevância. Se o título desse post fosse “Receita para bolo” e você entrasse e encontrasse esse texto, muito provavelmente sairia correndo, não é mesmo? Então essa é a primeira dica: seu título precisa ser coerente com o seu texto, bem como todos os parágrafos também precisam estar bem conectados. Relevância é quando o Google entende que assim que as pessoas leem o seu material elas saem satisfeitas, pois leem até o final, compartilham com amigos ou em suas páginas. Quem sabe não saem procurando outros artigos seus para ler?

Como o Google avalia os sites?
Primeira coisa: o nome do seu site é o nome do negócio? Parece bobagem, mas muita gente não tem o site com o nome do próprio negócio. A segunda coisa: a descrição realmente descreve o que a empresa faz? Tenha sempre uma eficaz e reduzida descrição. Lembre-se que o objetivo do Google é resolver o problema de quem consulta, ele não quer ficar levando a pessoa a clicar em opções furadas. E por fim, mas não menos importante, as palavras-chave, aquelas que podem servir para o buscador entender melhor o conteúdo do seu site, portanto escolha-as bem.

As dicas que valem para todos
Você gosta de ler artigo duas vezes? Não, né? Nem o Tio Google. Pois é, material copiado deduz pontos do seu placar. Procure sempre postar material original, original mesmo, não adianta traduzir texto achando que vai enganar o SEO. No caso de imagens, preste atenção no padrão pedido. Lembre-se que imagens (fotos ou vídeos) grandes demoram a carregar e em má resolução ficam horríveis, e isso também conta pontos negativos. Outra dica de ouro: textos sem erros gramaticais e bem pontuados são bem mais agradáveis de serem lidos. Organizar bem o texto também é fundamental, nada de postar uma maçaroca de frases e palavras sem começo nem fim. Ajudar o leitor a encontrar facilmente as informações que ele procura também faz parte do trabalho de quem está escrevendo. E se você tem dificuldades em botar os pensamentos em letrinhas, existem vários cursos online grátis que podem te ajudar, vale procurar.

Mudança no SEO
E vamos derrubar um mito: a repetição de palavras ou do título no corpo do texto não é mais necessária. Ufa, que alívio! Antigamente o SEO precisava dessa repetição, mas depois de um tempo ele aprendeu os sinônimos e já entende quando você usa outras palavras. Sensacional, não é mesmo? Fique livre para usá-los, só não fuja do conteúdo.

Fechando essa introdução ao SEO
Foque no seu leitor, pense na relevância do que você está escrevendo. Se coloque no lugar dele, ou procure opiniões sinceras. Não recomendo opinião de mãe e nem de cara metade. Seja leve, mas não vazio. Agregue informação. Seja interessante. Seu conteúdo não é para você, e sim para o seu consumidor.

Se você gostou desse conteúdo, compartilhe com os amigos. (Brincadeira, acho essas CTAs padronizadas um saco.)

Esse texto nasceu de uma atividade proposta pelos meus professores de marketing: @camilavideres e @diogoasoares no Curso de Análise de Mídias Digitais e Performance da @soulcodeacademy. Como achei que ele poderia ser útil resolvi jogar no mundo.

0 Shares:
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar:
Elã
Saiba Mais

Muito Elã em 2022!

Uma respiração simples e gratuita, mas que traz muito Elã para 2022: faz fluir energia vital e melhora rendimento físico e intelectual.
Saiba Mais

Arruinada pelo êxito

Síndrome de impostor na maturidade é tão comum quanto a adolescência gratiluz das filhas. Quem tem mais a ensinar quando não há a quem apelar?