Foi só o Joe Biden dar três (belos) tropeços na escada do Air Force One essa semana que a oposição voltou a questionar sua capacidade física e motora. Podre. Já na campanha presidencial, trumpistas usavam o próprio histórico médico contra ele, para questionar sua inteligência e capacidade de raciocínio.

Quando ainda era senador, com 45 anos, em 1988, Joe Biden fez duas cirurgias no cérebro, a primeira para retirar um aneurisma e depois para retirar de um coágulo que se formou. Ele também é gago (e treinou tão bem os discursos que esse traço ficou imperceptível na campanha).

Justamente por isso, desde então, o atual presidente dos Estados Unidos tem o acompanhamento de um neurologista para avaliar as capacidades cognitivas. E de um fonoaudiólogo. Ele assumiu a cadeira com 78 anos, mas ser o presidente mais velho da história do seu país não faz dele um homem senil. Pelo contrário!

É de praxe que os eleitos à presidência dos EUA compartilhem seus exames de saúde em geral. Barack Obama tinha feito isso. Sabe quem não fez? Donald Trump… Joe Biden já fez, e foi declarado oficialmente pelo seu médico como “saudável, vigoroso e apto a cumprir as suas funções na presidência”.

Alguns problemas que ele enfrentou recentemente: batimento irregular do coração, refluxo gástrico, alergias sazonais, lesões ortopédicas e até um câncer de pele. O relatório completo saiu no Washigton Post. Mas com uma rotina regular de hábitos saudáveis, ele tem corpo e fôlego para correr por muito anos ainda na sua já longeva carreira política.

E foi pensando nisso que eu fiz um video pra falar sobre seis passos que você pode tomar na vida desde cedo, pra chegar nessa idade tão saudável e vigoroso quanto Joe Biden. Antes de tudo: faça uma avaliação de histórico familiar e exames preventivos regulares. Só um médico pode diagnosticar corretamente qualquer tipo de problema de saúde e recomendar tratamentos.

Em casa, você pode cuida regularmente de uma rotina de exercícios físicos (meia hora ou quinze minutos por dia já dão resultados visíveis); se aproximar um pouco mais de uma alimentação balanceada; prestar atenção em como anda sua saúde mental e socialização especialmente nessa situação de quarentena. Proteção solar é um detalhe importante, para reduzir não só manchas como câncer de pele. E por fim, não esqueça de dar atenção especial ao pênis (se você soubesse a quantidade de remoções que há no Brasil por conta de falta de higiene…).

Acredito que esses são os primeiros passos que você pode começar a dar em direção a um futuro tranquilo, como um senhor disposto e vigoroso. Nem precisa nem ser presidente de lugar nenhum…

0 Shares:
7 comentários
  1. Sou casada com um oitentão: alfredo toma dezenas de medicamentos por semana, mas está bem e saudável. Já teve cancer de pele (7!!), foi parar na uti bem no começo da pandemia mas segue forte, lúcido e trabalhando. Faz ginástica, cuida da alimentação e o principal: tem muitos planos. viver ao seu lado é um privilégio e a minha maior lição. Ótimo texto!

  2. Arrasou! No tema, na forma como tratou e no vídeo. Tirando o ultimo tópico, São os outros o que pratico e tEnto passar adiante. E há que se comeÇar cedo a Se cuidar. PrevEnir, porque SenÃo só vai dar para rEmediar. PORQUE o tempo não volta… chapeau!

  3. André, Que texto necessário! Há uma discussão fervorosa sobre essa relação envelhecer e ocupar um cargo de presidente ( algo que ocorre em muitas outras esferas, para não falar de todas). Ao ler seu texto, lembrei de uma referência do Milan Kundera a respeito do ex-presidente dos eua, jimmy Carter: um dia, na televisão, o então presidente aparece com um suor no rosto; naquele momento ele foi levado por seguranças pois estava tendo uma crise cardíaca. Pronto! Eis o prato cheio da mídia, bastou esse fato isolado para que inúmeras dúvidas surgissem a respeito da sua capacidade de permanecer no cargo. Assim ocorreu com Biden e, apesar do excelente trabalho que vem desenvolvendo, um simples tombo ( algo que é passível de acontecer com todos) já vem gerando as mesmas dúvidas: Um presidente deve esbanjar saúde, jovialidade, e necessariamente ele deve ser um atleta? Bom, por aqui tem um que se diz “atleta”, mas os resultados que é bom…Ainda não vimos nada!

    Abraço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar:
Ouro de tolo
Saiba Mais

Ouro de tolo

Aproveito a viagem e penso que fiz o certo: para que ter tanto trabalho de construir uma nova carreira do zero? Foi asim que caí numa arapuca. Foto da obra de Tim Tadder "Nothing To See - Untitled#5"