Ao meu sinal!!! (10 segundos de silêncio)
Brocheiiii.
Como??
Para, presta atenção… Aí fudeu literalmente 😶 Não está entendendo nada, né?
Já te conto e vale a leitura, pois é verídico e rapidinho, literalmente, hahaha!

Estava eu e meu novo parceiro de vida, estamos nos conhecendo, fase nova da vida, enfim… Empolgados, experimentando várias posições, o que logo pensei: “Opa, acho que agora vai…”

Aí sugeri: “Vai devagar….” – não funcionou… Tem gente que não escuta durante a empolgação, acho eu, porque repeti esse “vai devagar” – umas 4 vezes, aí fiquei agoniada e quase gritei: Para!!!

Mas aí pensei (em uma fração de segundos), nossa tá tão gostoso, pode ficar melhor, foi aí que soltei em alto e bom tom (para quem não estava me escutando):
“- PARA, PRESTA ATENÇÃO (ele parou), AO MEU SINAL, vou abaixar a minha perna e você abaixa a sua sem sair 😏…

Pronto ai foi o nocaute 😪 Caímos na gargalhada, ele brochou rimos juntos por alguns minutos… O suficiente para entender que às vezes não vai ser como queremos, e está tudo bem! Às vezes não gozamos e está tudo bem!

Depois de tanta emoção, bateu um sono, sim porque depois de uma certa idade o sono é mais valioso do que uma boa transada (entendedores, entenderão).

Então vamos aproveitar e dormir com o prazer da cumplicidade de um casal maduro, aberto, que valoriza a vida num todo… Assim somos hoje, e que bom!!!💛

Mas já afirmo que não vou desistir de tentar fazer novas posições, afinal a aventura da vida é incrível com MAISPRAZER!

Divirtam-se!
Grande beijo
Adri. (@ssmaisprazer)

0 Shares:
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar:
Você se come?
Saiba Mais

Você se come?

Fazendo um balanço sexual no Dia dos Namorados, pergunto: você se come? Pelada na cama, sozinha, com ele ou ela, você se entrega aos desejos?
Encontro
Saiba Mais

Encontro n˚ 1

Meu primeiro encontro depois de 20 e tantos anos. Blind date. Uma colega de trabalho me incluiu numa conversa fiada de whatsapp com um amigo.
Saiba Mais

Amor sem medo

“Se você ama alguém, deixe-o livre. Se ele voltar, é seu. Se não, nunca foi.” Já conversou sobre relacionamento aberto com alguém?