Após um longo período em quarentena, onde cada família ficou confinada,  passamos por um momento de valorização dos nossos espaços. Aquilo que anteriormente era coadjuvante, passou a ter papel principal.

A entrada de serviço, hall e lavanderia viraram verdadeiras câmaras de higienização. Cozinhas deixaram de ser enfeite e realmente se transformaram no coração da casa …. quem não precisou improvisar um Home Office, ou uma sala de aula? Quantos terraços de apartamento receberam uma escrivaninha ou ainda, mesa de jantar que virou escritório?

Foi uma adaptação geral! Nesse meio tempo, tivemos uma ótima oportunidade de convívio com nossos familiares, filhos e cônjuges. E para aqueles que moram sozinhos, a oportunidade de aprofundar o seu  universo interior.

Aprendemos a conviver, a ouvir, a calar…. A fazer o que muitas vezes era delegado: serviços domésticos. Por a mão na massa literalmente! O pão feito em casa (claro, de fermentação natural) virou um hit! Surgiu a necessidade de atualizar nossos espaços, restaurar, reciclar e organizar.

Se entendermos que a nossa moradia reflete a nossa casa interior; que oportunidade temos que reavaliar aquilo que realmente tem importância!? Quais valores, virtudes e bens queremos deixar para nossos filhos? O exemplo de uma casa luxuosa igual “da revista”, com aquela sala intacta para visitas? O faqueiro de prata trancado a sete chaves, junto da melhor porcelana para um evento especial?

Ou será que preferimos ter uma sala multiuso; onde a família se reúne após o jantar, o sofá por vezes até com tecido puído, marcas de uso intenso; onde todos se sentam para ver aquela série bafônica da Netflix?!

Enfim, me dei conta que esse espaço seria designado para falar sobre arquitetura e design…mas Arquitetura não se faz sozinho, é uma arte compartilhada! Procuramos integrar o projeto à natureza, trazendo luz aos vãos e aberturas.

Pois não seria o exercício da criatividade, a interpretação dos sonhos das famílias, transformando as referências e experiências no resultado materializado daquilo que chamamos de Lar? Criamos cenários perfeitos para cada família.  Então essa é a hora! Vamos abrir as janelas e deixar entrar Luz! Vamos iluminar o nosso quarto escuro e aproveitar o Agora para reformular!

Agradeço o convite, e me proponho a trazer para vocês novidades, soluções e idéias. Bora arrumar nossa CASA?

1 Shares:
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar:
Saiba Mais

Picada na veia

2021 sem Réveillon nem Carnaval. Não sei lidar. Neste ano vai ser uma corrida pela imunização e o…