Enquanto as linhas curvas remetem à suavidade, as linhas retas comunicam força e até uma certa autoridade. Prova disso foi o lançamento do Chanel n° 5, primeiro perfume feminino em um recipiente quadrado, uma revolução para a época. A mensagem de força dos óculos de linha reta pode ser dosada de acordo com a espessura e cor da armação (escuras intensificam e claras suavizam).

Armações retas e finas, vão comunicar refinamento, elegância. Os quadrados, como os usados pela Sarah Jessica Parker, em “Just Like That”, trouxeram um ar anos 1970, uma elegância vintage, pois foi inspirado nos modelos usados pela Sophia Loren. Se forem retangulares e sem nenhum borogodó, podem passar um ar de conservadorismo. Intuitivamente pode ser a armação preferida de quem gosta de ter tudo sob controle, pois linha reta e fina remete ao que tem precisão.

As armações discretas (sejam retas ou arredondadas) são indicadas para quem tem um grande incômodo com o nariz ou olheiras profundas, vão chamar menos atenção para essa área do rosto (terço médio). Já as linhas retas e grossas trazem presença, comunicam poder e autoridade. Se forem pretas então, exalam um drama, coisa de divas.

As armações marcantes são ótimas aliadas se você quer jogar o holofote para o terço médio da face e quer desviar atenção da testa ou região inferior, é como se fizéssemos o jogo de luz e sombra. Já prestaram atenção como homens carecas ficam muito mais charmosos quando usam esses tipos de óculos?

Quer comunicar dinamismo ou jovialidade? Então invista em óculos do estilo gatinho ou os geométricos, pois são formados por linhas inclinadas que trazem a sensação de movimento, com uma pitada de sensualidade (pense na fenda da saia ou na blusa de um ombro só, são formadas por linhas diagonais).

Está sentindo o envelhecimento da face e quer dar um up? Os óculos tipo gatinho caem muito bem para quem quer desviar a atenção da parte inferior do rosto, onde costuma concentrar a flacidez, pois esse modelo conduz o olhar do interlocutor para cima. Mas atenção! Os óculos gatinhos podem não favorecer quem tem incômodo com testa alta ou calvície, uma vez que possui linhas inclinadas ascendentes que direcionam o olhar para essas partes, como se fossem setas.

Pessoas com traços bem fortes, como sobrancelhas grossas e ângulo de mandíbula evidente, podem passar a imagem de “cara de brava” ao optarem por armações retas, pois linhas semelhantes se acentuam. Se esse é seu ruído de imagem, não precisa correr para os óculos redondos, pode optar por linhas retas, contudo arredondadas nas extremidades. E se quiser saber sobre armações arredondadas, corra no meu post anterior.

0 Shares:
4 comentários
  1. Cara Débora você tem me inspirado e instigado a refletir sobre minhas escolhas de óculos. Eu geralmente mantenho 6 pares de óculos em uso. Parece esquisito mas lendo seu artigo anterior e este agora percebi o porquê que eu me identifico muito com apenas com 3 deles. Obrigada.

  2. Este é o segundo artigo que leio da Débora Recife sobre óculos e tem ficado muito claro para mim o porquê dos meus erros e acertos na escolha desse objeto que faz muito mais do que só me ajudar a enxergar melhor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar:
Saiba Mais

Simplificando o skincare

Quando falamos em skincare já pensamos em uma sequência sem fim de inúmeros produtos. Mas isso nunca funcionou pra mim. Tem que ser prático!